Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Aluno > IFG > Últimas notícias > Obras de restauração do pórtico do IFG serão finalizadas neste mês de novembro
Início do conteúdo da página
Patrimônio

Obras de restauração do pórtico do IFG serão finalizadas neste mês de novembro

A previsão é de que o restauro finalize no final de novembro e o pórtico seja reinaugurado no início de dezembro

Obras de restauração do pórtico do Câmpus Goiânia do IFG estão programadas para serem finalizadas no final deste mês de novembro.
Obras de restauração do pórtico do Câmpus Goiânia do IFG estão programadas para serem finalizadas no final deste mês de novembro.

Em obras desde o dia 10 de agosto, a restauração do pórtico, situado no Câmpus Goiânia do Instituto Federal de Goiás (IFG), prossegue para a fase final do projeto de restauro desse bem público e patrimônio arquitetônico e urbanístico Art Déco de Goiânia. A previsão é de que a obra seja finalizada no final deste mês de novembro e a reinauguração ocorra no início do mês de dezembro deste ano.

O pórtico historicamente caracteriza-se por ter sido o marco de entrada do público à Exposição Cultural e Produtos Econômicos do Estado de Goiás. Esse evento ocorreu no espaço em que atualmente situa-se o Câmpus Goiânia do IFG. A festividade da exposição marcou o Batismo Cultural de Goiânia, que ocorreu em 5 de julho de 1942, lançando nacionalmente a nova capital do estado de Goiás nos anos de 1940.

O pórtico, construído em 1942, é parte das edificações do Câmpus Goiânia do IFG tombadas pelo Governo do Estado de Goiás, a cargo da Fundação Cultural Pedro Ludovico Teixeira, como um dos 24 bens culturais materiais de Goiânia, conforme Decreto nº 4.943, de 31 de agosto de 1998.

A edificação também foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) - Portaria nº 507, em 2003, como patrimônio arquitetônico e urbanístico Art Déco de Goiânia, assim como o  Teatro do IFG e as áreas integrantes dos blocos de salas 100 e 200 no Câmpus Goiânia do IFG.

Restauração

O restauro do pórtico do IFG, que carecia de revitalização e cujo acesso do público ao local estava isolado, é um anseio da gestão do Câmpus Goiânia do IFG desde 2017, a qual pleiteava recursos e parcerias para a viabilização da obra. Isso somente foi possível com a aprovação do projeto em 2019  e financiado com  recursos públicos  do estado de Goiás advindos do Fundo de Arte e Cultura de Goiás. No total, a obra foi contemplada com investimentos no valor de R$ 500 mil.

A obra de restauração está sendo executada pela Elysium Sociedade Cultural, empresa responsável pela execução do projeto. O restauro era para ter iniciado em março de 2020, porém, a pandemia do coronavírus Covid-19 fez com que as obras somente começassem no mês de agosto deste ano.

De acordo com Anabella Borghi e Adriano Carvalho, produtora da Elysium Sociedade Cultural e o arquiteto responsável pela obra respectivamente, o projeto de restauração visa transformar o pórtico em um espaço de contemplação do monumento tanto pela comunidade acadêmica quanto pela população goianiense. Segundo os responsáveis pela restauração, parte da obra que prevê a implantação de uma área de convivência pública no pórtico ainda aguarda aprovação junto à Prefeitura de Goiânia.

Leia mais também:

Foto do início da obra de restauração no mês de agosto de 2020 ( crédito/ foto: Gerência de Administração e Manutenção do Câmpus Goiânia do IFG).

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia do IFG.

Notícias (Aluno)

Comunicados (Aluno)

Fim do conteúdo da página