Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Aluno > IFG > Últimas notícias > IFG inicia Campanha “Novembro Negro”
Início do conteúdo da página
Novembro Negro

IFG inicia Campanha “Novembro Negro”

 Iniciativa é desenvolvida pela Diretoria de Comunicação Social em parceira com a CPPIR

Campanha Novembro Negro foi elaborada por integrantes da Dicom e da CPPIR, que debateram a temática e juntos elaboraram os textos
Campanha Novembro Negro foi elaborada por integrantes da Dicom e da CPPIR, que debateram a temática e juntos elaboraram os textos

Em uma iniciativa da Diretoria de Comunicação Social (Dicom) do Instituto Federal de Goiás (IFG), em parceria com a Comissão Permanente de Políticas de Promoção da Igualdade Étnico-Racial (CPPIR), a Instituição dá início a um projeto estratégico muito importante: o "Novembro Negro".  Uma das ações consiste na realização de uma campanha de comunicação, que começa hoje e será publicada nas mídias sociais do IFG. Estão previstas diversas publicações com peças digitais. 

A campanha foi elaborada por integrantes da Dicom e da CPPIR, que debateram a temática e juntos elaboraram os textos. Esta ação faz parte de um projeto estratégico de comunicação tem por objetivos: - Informar a comunidade sobre conceitos e termos relacionados ao racismo, à discriminação, ao preconceito; - Informar a comunidade sobre a atuação da CPPIR (Comissão Permanente de Políticas de Promoção da Igualdade Étnico-Racial) do IFG; - Orientar a comunidade acadêmica sobre as medidas institucionais; - Promover os direitos humanos; - Contribuir para um ambiente de respeito a todos – independentemente de orientação sexual, gênero, religião, idade, cor ou qualquer característica individual ou coletiva; - Sensibilizar a comunidade acadêmica e a comunidade externa para o respeito às diferenças, o combate ao preconceito, à discriminação e à violência; - Promover o combate ao racismo, à discriminação e ao preconceito no ambiente escolar e, consequentemente, na sociedade; - Promover a reflexão sobre o mês da Consciência Negra; - Contribuir para a prevenção às práticas discriminatórias e de cunho racista; - Cumprir os princípios e as diretrizes institucionais expressas no PDI e na Política de Comunicação. Conheça o Plano de Comunicação do qual o projeto faz parte: https://www.ifg.edu.br/planodecomunicacao 

 

Combate ao racismo 

A CPPIR  trabalha com foco nas relações humanas no IFG, para que sejam cada vez mais equitativas, com a superação de desigualdades de gênero e étnico-raciais e tem por finalidade formular, coordenar, articular e acompanhar a efetivação das políticas e diretrizes institucionais para a promoção da igualdade étnico-racial e defesa dos direitos humanos. Muitas expressões e palavras que usamos possuem origem relacionada a um capítulo triste da nossa história: o período da escravidão no Brasil.

Para o professor e coordenador Júlio de Vilasboas e Santos, do Câmpus Anápolis, “a campanha Novembro Negro é de fundamental importância para chamar a atenção da comunidade acadêmica para a necessária atuação antirracista no cotidiano. Nesta edição, com foco na linguagem, o racismo será problematizado enquanto prática corrente, consciente ou inconsciente, que constitui os códigos culturais e que reproduz e aprofunda o racismo incrustado nas estruturas econômicas e políticas. Combater o racismo, portanto, é uma tarefa que se impõe em todas as dimensões da vida, incluindo o nosso vocabulário”, afirma o professor.

A diretora de Comunicação Social, Adriana Souza, ressalta o caráter formativo da campanha: "a partir do momento que apresentamos informações para as pessoas, gerando reflexão sobre certas práticas e hábitos que precisam ser mudados e que requerem nossa atenção enquanto sociedade, estamos contribuindo para o combate ao racismo, ao preconceito e discriminação".

 

A Comissão

A CPPIR é composta por um servidor efetivo e um estudante de cada câmpus, um servidor lotado na reitoria, dois representantes da sociedade civil, e os suplentes. E mais os demais servidores do IFG integrantes da Comissão. Para conhecer mais a CPPIR, acesse: https://www.ifg.edu.br/comissoes/cppir .

A CPPIR conta com comissões locais nos câmpus, constituídas por um representante do segmento técnico-administrativo, um representante do segmento docente, um representante do segmento discente e um representante da sociedade civil organizada, com seus respectivos suplentes. Na reitoria, a composição se dá por dois servidores do segmento técnico-administrativo e um representante da sociedade civil organizada, com seus respectivos suplentes. A comissão central da CPPIR é composta por três representantes docentes, três representantes do segmento técnico-administrativo, três representantes discentes e dois representantes da sociedade civil, eleitos dentre os membros das comissões locais.

Conheça a CIR: https://www.ifg.edu.br/comissoes/cppir 

 

 

Confira as primeiras publicações:

Post 1

Post 2

 

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

Fim do conteúdo da página