Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
DEBATE

Segundo ciclo de Diálogos sobre Conservadorismo começa no dia 14

Criado: Terça, 07 de Agosto de 2018, 17h52 | Última atualização em Quarta, 15 de Agosto de 2018, 17h32

Novo eixo aborda diversos temas associados à escola, como Escola Sem Partido, ideologia de gênero, poder, religião e cidadania

 

As aulas no Câmpus Formosa do Instituto Federal de Goiás (IFG) recomeçam na próxima segunda-feira, 6 de agosto, e a comunidade, interna e externa, já pode se preparar para o segundo ciclo de Diálogos sobre Conservadorismo, promovido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas em Trabalho (NEP-TECC) que terá, como tema,  Expressões na Educação.

O ciclo desenvolverá diálogos com todo aquele que se propuser a participar, partindo da ideia de que a escola é um local em disputa, principalmente, quando se trata de garantir o direito à cidadania por grande parte da população.

Os encontros continuarão acontecendo na sala do NEP-TECC, localizada no Bloco Administrativo, a partir das 14h30, conforme calendário. Para enriquecer e nortear os diálogos, o NEP-TECC indica a leitura de diversas obras, elencadas abaixo.  

DATA DOS ENCONTROS

SUBTEMA

TEXTOS

 14/08

 Escola Sem Partido: algumas definições.

·         RAITER, Rodrigo. 14 Perguntas e Respostas sobre o “Escola Sem Partido”. In: A ideologia do movimento Escola Sem Partido: 20 autores desmontam o discurso. Ação Educativa Assessoria, Pesquisa e Informação (Org.). São Paulo: Ação Educativa, 2016.

·         ALGEBAILE, Eveline. Escola sem Partido: o que é, como age, para que serve. In: FRIGOTTO, Gaudêncio. (org) Escola "sem" partido: esfinge que ameaça a educação e a sociedade brasileira. Rio de Janeiro: UERJ, LPP, 2017.

·         FREITAS, Nivaldo & BALDAN, Merilin. Dossiê Escola Sem Partido e Formação Humana. Revista de História e Estudos Culturais. Vol 14, Ano XIV, nº 1, 2017.

 28/08

 Direitos educacionais ameaçados pelo “Programa ESP”

·         GADOTTI, Moacir. A Escola Cidadã frente à “Escola sem Partido”. In: A ideologia do movimento Escola Sem Partido: 20 autores desmontam o discurso. Ação Educativa Assessoria, Pesquisa e Informação (Org.). São Paulo: Ação Educativa, 2016.

·         PENNA, Fernando. O Escola sem Partido como Chave de Leitura do Fenômeno Educacional. In: FRIGOTTO, Gaudêncio. (org) Escola "sem" partido: esfinge que ameaça a educação e a sociedade brasileira. Rio de Janeiro: UERJ, LPP, 2017.

·         PENNA, Fernando. Programa Escola Sem Partido: Uma ameaça à educação emancipadora. In: GABRIEL, Carmen; MONTEIRO, Ana Maria; MARTINS, Marcus. (org.) Narrativas do Rio de Janeiro nas aulas de história. Rio de Janeiro: Mauad Editora, 2016.

 11/09

  

A falácia da “ideologia de gênero”: apropriação pejorativa do conceito de gênero e a plataforma política conservadora

·         O´LEARY, Dale. A Agenda de Gênero: Redefinindo a Igualdade.

·         REIS, Toni & EGGERT, Edla - Ideologia de Gênero - Uma falácia construída sobre os planos de educação brasileiros. Educ. Soc., Campinas, v. 38, nº. 138, p.9-26, jan.-mar., 2017.

·         FURLANI, Jimena. “Ideologia de Gênero”: Explicando as confusões teóricas presentes na cartilha. Florianópolis: FAED, UDESC, Laboratório de Estudos de Gênero e Família, 2016.

·         FURLANI, Jimena. Gêneros e Sexualidades: Problematizando a educação e processos de produção de conhecimentos. Instrumento: R. Est. Pesq. Educ. Juiz de Fora, v. 12, n. 1, jan./jun. 2010

 25/09

 Conservadorismo, poder e religião

·         MAFRA, Clara, SWATOWISKI, Claudia & SAMPAIO, Camila. O Projeto Pastoral de Edir Macedo: Uma igreja benevolente para indivíduos ambiciosos? Revista Brasileira de Ciências Sociais, Vol. 27, n° 78, 2012.

·         MACEDO, Edir. Plano de Poder. (trechos selecionados)

  09/10

 Educação e Cidadania

·         ADORNO, Theodor. Educação e Emancipação. (trechos selecionados) - capítulos: "O que significa elaborar o passado"; "Educação após Auschwitz"; "A educação contra a barbárie". 

·         CHARLOT, Bernard. A Mistificação Pedagógica: realidades sociais e processos ideológicos. Rio de Janeiro: Guanabara, 1986.  (trechos selecionados) – capítulo: Educação e Política

 

Acesse aqui o material.

Setor de Comunicação Social/ Câmpus Formosa

Fim do conteúdo da página