#CPGOIÁS

Campus Party promove conhecimento durante seus 5 dias de evento

  • Imprimir
Criado: Segunda, 09 de Setembro de 2019, 08h27 | Última atualização em Segunda, 23 de Setembro de 2019, 13h08

CPGoiás termina, neste domingo, com participação expressiva do IFG, com mais de 500 estudantes e servidores dos 14 câmpus

Alunos do IFG apresentam suas pesquisas na Campus Party
Alunos do IFG apresentam suas pesquisas na Campus Party

Terminou neste domingo, 8 de setembro, a primeira edição da Campus Party Goiás. Realizado no Shopping Passeio das Águas em Goiânia, o evento mobilizou mais de 500 estudantes e servidores dos 14 câmpus do Instituto Federal de Goiás (IFG). Foram 5 dias de imersão cultural e de troca de conhecimento, repleta de muitas palestras, conversas e oportunidades de aprendizado.

Para Edgar Vieira da Silva, aluno do 10º período do curso de Engenharia Elétrica do Câmpus Goiânia, a oportunidade de ver outras pesquisas e expor o seu próprio trabalho na Campus Party foi muito especial. O trabalho desenvolvido por ele e mais dois alunos é intitulado “Automatização de sistema de abastecimento de reservatórios de água compartilhado” e foi um dos 13 projetos do IFG que foram expostos no sábado e neste domingo na seção Campus Future do evento.

Edgar Vieira apresentou o projeto
Edgar Vieira apresentou o projeto "Automatização de sistema de abastecimento de reservatórios de água compartilhado"

 

Segundo Edgar, o projeto nasceu da observação da dificuldade de um casal de idosos residentes em Senador Canedo. “Eles não tinham abastecimento da companhia de água em casa e usavam poço artesiano. Como era tudo manual, nós procuramos automatizar o processo de captação de água”, ressaltou. “Com isso a gente uniu o útil ao agradável: nós precisávamos iniciar o nosso projeto de conclusão de curso, e esse casal precisava de uma solução em sua casa. Vimos nessa situação uma oportunidade de usar o nosso conhecimento e ajudar uma família que era conhecida nossa, e deu muito certo”, destacou o discente.

Apresentação do funcionamento das luvas transceptoras, na Campus Future
Apresentação do funcionamento das luvas transceptoras, na Campus Future

 

Yuri Alves de Oliveira, aluno do curso técnico de Automação Industrial do Câmpus Senador Canedo, bastante empolgado, disse que essa era a primeira vez que ele falava em um evento tão grande: “A gente fica nervoso, por estar em algo tão grande e famoso como a Campus Party. Mas isso agrega muito valor, pois a gente aprende a explicar para as pessoas; a gente aprende a passar nosso conhecimento para todos os tipos de pessoas”. E Yuri teve um projeto bastante importante para apresentar ao longo destes dois últimos dois dias na Future: “As luvas transceptoras”, que, segundo o jovem aluno, “conseguem traduzir a língua de sinais para a língua falada e escrita, em diversos idiomas por meio de sensores”.

 

Dos 20 projetos apresentados na Campus Future, uma seção que estava presente em uma área aberta para todos os públicos gratuitamente durante todo sábado e domingo, 13 foram realizados por alunos do IFG. Na Future, foram apresentadas diversas pesquisas com temáticas variadas. Teve pesquisa na área de “desenvolvimento e construção de um carro modelo fórmula um” e até mesmo relacionada à criação de foguetes. Esta última foi apresentada por alunos do curso de Engenharia Mecânica do Câmpus Goiânia, que fazem parte do projeto “Sky Rocket Team”.

Alguns membros da Sky Rocket Team
Alguns membros da Sky Rocket Team

 

A equipe começou em 2012 e foi estruturada definitivamente em 2015, quando eles deram início à criação de um foguete. Segundo o aluno Edilson Barbosa, nos últimos tempos, o grupo está focado em participar de competições: “Já participamos de três”, destacou o jovem. Em uma realizada no Estados Unidos, a equipe era a única estrangeira e foi premiada em 6 º lugar na categoria de projetos. No Brasil, eles já participaram de outras duas competições, e em todas foram premiados.

Outras pesquisas apresentadas por alunos do IFG na Campus Party buscam trazer mais conforto para as pessoas em casa, como é o caso do projeto “Desenvolvimento de aplicações IoT controladas por comandos de voz com Google Assistent”. Conduzida pelos estudantes Kayque Mateus, João Vitor, Gabriel Eduardo e Ítalo Gabriel, o projeto está em desenvolvimento no Núcleo de Pesquisa do Campus Inhumas e faz parte do Numbers. Segundo os jovens estudantes, o objetivo é fazer com que os ambientes se tornem inteligentes, independente de qual seja ele. De acordo com os discentes, que já usam o dispositivo no laboratório da Instituição, o qual pode ligar e desligar objetos automaticamente como ar-condicionado, luzes e outros dispositivos, “a ideia é ter todos os dispositivos conectados à internet e ligados entre si. [...] e tornar o ambiente inteligente”. Os discentes procuraram demonstrar a pesquisa mostrando como o dispositivo funciona tendo como exemplo um abajur.

Os autores da pesquisa
Os autores da pesquisa "Desenvolvimento de aplicações IoT controladas por comandos de voz com Google Assistent"

 

Outro projeto apresentado na CPGoiás que busca o bem-estar das pessoas é o “Smart e-health: telemedicina e monitoramento remoto da saúde de pacientes”. Apresentado pelos alunos Eurípedes Antero Vieira e João Lopes, do curso de Sistema de Informação do Câmpus Inhumas, o projeto de iniciação científica que eles estão desenvolvendo tem o objetivo de monitorar os batimentos cardíacos de pacientes, por meio de uma pulseira inteligente. “A ideia é informar os familiares a respeito de quaisquer anormalidades durante o monitoramento do paciente em questão”, ressaltaram os discentes.

Alunos Eurípedes Antero e João Lopes falam a respeito do projeto
Alunos Eurípedes Antero e João Lopes falam a respeito do projeto "Smart e-health" para um visitante na Campus Future


Em sua segunda Campus Party, Eurípedes elogiou a CPGoiás e chamou atenção para o fato de que muita gente participou do evento: “foi muito bom, pois houve muita participação técnica, muitos acadêmicos passaram por aqui - e isso é legal, pois nos permite estabelecer uma verdadeira troca de conhecimento. Já estou aguardando a próxima: certamente irei participar”, destacou o discente.

 

Durante os cinco dias de evento, os alunos do IFG e os demais participantes que foram à CPGoiás tiveram a chance de conferir palestras de várias áreas do conhecimento, participar de workshops, minicursos, competições e outros microeventos. Além dos 13 projetos presentes na Campus Future, o IFG apresentou, na seção de Startup e Makers, o projeto Agribussinessforyou, e também outras 14 atividades cadastradas como Talks, em palcos e locais variados. A Instituição também marcou presença com várias palestras do professor e embaixador include da Campus Party, Sanderson Macedo (Sandeco).

Confira fotos da Campus Party em nosso Facebook.

Conheça nosso Instagram e confira também um pouco do que foi postado lá.

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.