Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Arte e Sustentabilidade

Professor do IFG recebe menção honrosa em premiação internacional na área de Design

  • Criado: Terça, 28 de Janeiro de 2020, 12h07
  • Última atualização em Quinta, 20 de Fevereiro de 2020, 06h48

Premiação do 13th International Design Awards foi conferida a Regis Puppim, que é professor no curso Técnico Integrado em Modelagem do Vestuário, no Câmpus Aparecida de Goiânia do IFG

 
imagem sem descrição.

Renomada premiação internacional na área de design, o 13th International Design Awards (IDA) 2019, conferiu menção honrosa ao projeto “Nonwoven 3D Printing Felt: textile hybrid technique” (Feltro de impressão 3D), de autoria do professor Regis Pupim, do Instituto Federal de Goiás. Regis é docente no curso Técnico em Modelagem do Vestuário no Câmpus Aparecida de Goiânia do IFG, oferecido na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), e está atualmente cursando Doutorado em Engenharia Têxtil, na Universidade do Minho (Portugal). A premiação foi registrada na categoria Textile and Materials.

O projeto agraciado é parte da pesquisa de doutoramento do professor Regis Puppim. Ele explica que o projeto tem como núcleo o viés da sustentabilidade nos têxteis e propõe um novo material feito com resíduos têxteis pré-industriais do lanifício (fibra de lã) e filamentos flexíveis de Impressão 3D, o que gera um material feltrado que pode ser usado como painel decorativo. De acordo com o professor, os próximos passos da pesquisa de Doutorado serão os testes laboratoriais para averiguar a possibilidade de o material ser usado como vestuário e em têxteis interiores, como almofadas, luminárias e outros artigos.

 

Reconhecimento

O International Design Awards é uma premiação que reconhece, celebra e promove trabalhos em design e talentos emergentes em arquitetura, interiores, produtos, design gráfico e moda. O professor Regis Puppim considera que a menção honrosa recebida por seu projeto é uma condecoração muito significativa. “É um modo de chancelar e ratificar a importância que a pesquisa tem. Sendo a Sustentabilidade o elemento central da pesquisa e do projeto, sabemos que é impossível se manter o método de produção e manufatura do século anterior, é chegada a iminência de se repensar as cadeias produtivas industriais de modo inadiável, isto é, as produções devem ser pensadas com utilização de matérias primas renováveis e recicláveis, gastar menos energia e serem mais eficientes, gerar o mínimo de resíduos possível e, desses, possibilitar a reutilização ou subprodutos, mas também, remunerar corretamente os seus funcionários”, destaca.

Conforme relata Regis Puppim, o parâmetro da sustentabilidade, que está presente em sua pesquisa e no projeto premiado, é parte da chamada "Indústria 4.0", elemento que foi abordado de modo satisfatório no projeto, segundo os avaliadores do IDA. No design do projeto, a principal referência foi a flor do ipê, cuja imagem teve suas formas renderizadas para geração de um modelo.

Confira as imagens e informações do projeto “Nonwoven 3D Printing Felt: textile hybrid technique”.

 

 

Coordenação de Comunicação Social / Câmpus Aparecida de Goiânia

 
 

Renomada premiação internacional na área de design, o 13th International Design Awards (IDA) 2019, conferiu menção honrosa ao projeto “Nonwoven 3D Printing Felt: textile hybrid technique” (Feltro de impressão 3D), de autoria do professor Regis Pupim, do Instituto Federal de Goiás. Regis é docente no curso Técnico em Modelagem do Vestuário no Câmpus Aparecida de Goiânia do IFG, oferecido na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), e está atualmente cursando Doutorado em Engenharia Têxtil, na Universidade do Minho (Portugal). A premiação foi registrada na categoria Textile and Materials.

O projeto agraciado é parte da pesquisa de doutoramento do professor Regis Puppim. Ele explica que o projeto tem como núcleo o viés da sustentabilidade nos têxteis e propõe um novo material feito com resíduos têxteis pré-industriais do lanifício (fibra de lã) e filamentos flexíveis de Impressão 3D, o que gera um material feltrado que pode ser usado como painel decorativo. De acordo com o professor, os próximos passos da pesquisa de Doutorado serão os testes laboratoriais para averiguar a possibilidade de o material ser usado como vestuário e em têxteis interiores, como almofadas, luminárias e outros artigos.

 

Reconhecimento

O International Design Awards é uma premiação que reconhece, celebra e promove trabalhos em design e talentos emergentes em arquitetura, interiores, produtos, design gráfico e moda. O professor Regis Puppim considera que a menção honrosa recebida por seu projeto é uma condecoração muito significativa. “É um modo de chancelar e ratificar a importância que a pesquisa tem. Sendo a Sustentabilidade o elemento central da pesquisa e do projeto, sabemos que é impossível se manter o método de produção e manufatura do século anterior, é chegada a iminência de se repensar as cadeias produtivas industriais de modo inadiável, isto é, as produções devem ser pensadas com utilização de matérias primas renováveis e recicláveis, gastar menos energia e serem mais eficientes, gerar o mínimo de resíduos possível e, desses, possibilitar a reutilização ou subprodutos, mas também, remunerar corretamente os seus funcionários”, destaca.

Conforme relata Regis Puppim, o parâmetro da sustentabilidade, que está presente em sua pesquisa e no projeto premiado, é parte da chamada "Indústria 4.0", elemento que foi abordado de modo satisfatório no projeto, segundo os avaliadores do IDA. No design do projeto, a principal referência foi a flor do ipê, cuja imagem teve suas formas renderizadas para geração de um modelo.

Confira as imagens e informações do projeto “Nonwoven 3D Printing Felt: textile hybrid technique”.

 

 

Coordenação de Comunicação Social / Câmpus Aparecida de Goiânia

Fim do conteúdo da página