Portal do Governo Brasileiro
  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Página Inicial -> Apresentação

Apresentação

Imprimir

O Câmpus Goiânia Oeste é a segunda unidade do IFG na capital, uma instituição federal, pública e que oferta ensino gratuito. O câmpus oferta educação gratuita à população de Goiânia, com foco na região Oeste, e também de municípios da Região Metropolitana. A criação do câmpus faz parte do programa de expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica do Governo Federal. As atividades da unidade iniciaram em março de 2014.

O IFG Câmpus Goiânia Oeste oferta um curso superior – Licenciatura em Pedagogia - e quatro cursos técnicos integrados ao ensino médio, sendo três ofertados em tempo integral e um noturno na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os cursos em período integral são: Técnico em Análises Clínicas, Técnico em Nutrição e Dietética e Técnico em Vigilância em Saúde. O curso Técnico em Enfermagem modalidade EJA ocorre no período noturno. A unidade atua, principalmente, nos eixos tecnológicos da Educação e Saúde e tem como foco de trabalho a Promoção da Saúde.

Atualmente o câmpus funciona em uma sede provisória, na unidade do IFG no Jardim América. Mas sua localização (Quinhão de nº 1, Fazenda Santa Rita) foi cuidadosamente estudada, justamente para facilitar o acesso de parte da população que não tinha acesso a uma instituição de ensino com as características dos institutos federais, principalmente, a de ofertar cursos em todas as modalidades de ensino, da educação básica à superior. A sede do câmpus será instalada em um terreno de mais com 77.278,94 mil m². As obras da primeira etapa incluem a construção de um bloco administrativo com auditório e um bloco acadêmico com três pavimentos, que vai abrigar laboratórios e salas de aula, totalizando 12 mil m² de área construída.

O IFG implanta seu segundo câmpus na capital para ampliar a oferta de cursos à comunidade. Regularmente são oferecidos cursos técnicos integrados ao ensino médio (o estudante aprende uma profissão e também conclui o ensino médio), técnicos subsequentes ao ensino médio (que conferem profissionalização ao estudante), superiores – bacharelados e licenciaturas -, pós-graduação e cursos técnicos integrados na modalidade de Educação de Jovens e Adultos - Proeja (para quem tem 18 anos ou mais e que já concluiu o ensino fundamental). Para a comunidade externa também são ofertados cursos de curta duração, bem como curso de formação de trabalhadores.