Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Evento  

1º Congresso Brasileiro de Comunicação Pública é encerrado hoje, 20

 Reitores e representantes de setores de comunicação de diferentes instituições estiveram presentes

  • Criado: Quarta, 20 de Outubro de 2021, 12h53
  • Última atualização em Quarta, 10 de Novembro de 2021, 17h39
IFG é um dos realizadores do evento
IFG é um dos realizadores do evento

O 1º Congresso Brasileiro de Comunicação Pública, Cidadania e Informação, que ocorre de forma remota, no canal oficial da UFG no Youtube encerrou-se hoje, 20. O evento é uma realização conjunta do Instituto Federal de Goiás, UFG, Universidade de Brasília (UnB), Instituto Federal Goiano (IF Goiano), Fundação Rádio e Televisão Educativa e Cultural e Associação Brasileira de Comunicação Pública (ABC Pública).

Participaram da mesa diretiva de abertura, na segunda-feira, 18, a reitora do IFG, professora Oneida Cristina Barcelos, o reitor da UFG, Edward Madureira, a diretora da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), Angelita Lima, a diretora executiva da Fundação RVTE, Silvana Coleta, a diretora de Comunicação Social do IF Goiano, Cláudia Oriente, e a presidente da ABC Pública, Cláudia Lemos.

Oneida reafirmou a importância de uma imprensa livre para o fortalecimento da sociedade democrática e celebrou a recente notícia do Prêmio Nobel da Paz concedido para dois jornalistas. Também falou da comunicação pública no âmbito do IFG, momento em que agradeceu os comunicadores da Instituição pelo trabalho realizado. 

A diretora de Comunicação Social do IFG, jornalista Adriana Souza Campos, também participou da abertura, no momento de homenagem póstuma às jornalistas Elizabeth Pazito Brandão, que foi docente na UnB e uma das referências em comunicação pública no país, e Neuza Meller, que dirigiu a TVUnB por uma década e foi grande defensora das televisões universitárias. Beth Brandão foi uma das consultoras que atuou na elaboração da Política de Comunicação do Conselho das Instituições da Rede Federal (Conif), documento norteador e/ou indutor da elaboração das políticas de comunicação de diversas instituições da Rede Federal, a exemplo do IFG. À época, com Graça Monteiro, coordenou o Grupo de Trabalho do Conif, do qual Adriana fez parte.

Os participantes também comentaram sobre alguns princípios da comunicação pública, como a garantia do acesso amplo à informação, o fomento ao diálogo, estímulo à participação, promoção de direitos e da democracia, combate à desinformação, foco no cidadão, inclusão e pluralidade, ética e eficácia

 Leia mais:  

Financiamento de emissoras públicas de rádio e TV é tema de painel

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria/Com informações do site da UFG

 

Fim do conteúdo da página