O que há de novo na Biblioteca

  • Imprimir
Criado: Segunda, 20 de Março de 2017, 16h24 | Última atualização em Sexta, 01 de Março de 2019, 08h22
 

  O que há de novo

 

 

            

BARBOSA, Walmir; SOUZA, Ruberley Rodrigues de; MORAIS, Mara Rúbia de Souza Rodrigues (Org.). Instituto Federal de Goiás: história, reconfigurações e perspectivas. Goiânia: IFG, 2016. 3 v. (Coleção Instituto Federal de Goiás : história, reconfigurações e perspectivas). Bibliografias : 208 - 210. ISBN9788567022109.

 Resumo

Conjunto de textos que proporcionam olhares críticos sobre a constituição da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e sobre a trajetória do Instituto.

MICHAEL, Heinrich. Karl Marx e o nascimento da sociedade moderna: biografia e desenvolvimento de sua obra. São Paulo: Boitempo, 2018. 1. v. Inclui bibiografia p. 432 - 460. ISBN 9788575596289.

Resumo

Fruto de uma pesquisa inteiramente nova em arquivos pouco conhecidos, mesmo do público alemão, a obra é uma biografia que leva a revisão profunda de vários aspéctos de duas dimissões (vida e obra) de Marx. 

SEGATO, Rita Laura. Santos e daimones: o politeísmo afro-brasileiro e a tradição arquetipal. 2. ed. [S.l.]: BRASILIA: Ed. UnB, 2005. 515p., 21 cm. Bibliografia: p. [489]-515. ISBN 8523008225 (broch.).

 Resumo

Santos e Daimones' é um referencial aos estudos afro-brasileiros e uma contribuição à psicologia clínica. Desvenda a etnopsicologia da tradição africana no Brasil. Crítica dos valores da sociedade nacional brasileira à luz da mitologia afro-brasileira, tal como é narrada e utilizada pelos membros do culto. Analisa pilares da tradição,  concepção do sistema de gênero, premissas filosóficas irredutíveis aos essencialismos característicos do Ocidente e peculiar subversão do patriarcado.

VEIGA, José J. Sombras de Reis Barbudos: romance. 20.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1994. 136 p. ISBN 9788528603132.

 Resumo

Publicado pela primeira vez em 1972, Sombras de reis barbudos foi tido como alegoria do regime militar brasileiro, ao contar a história de uma cidade que recebe a Companhia Melhoramentos de Taitara, símbolo da modernidade. Aos poucos, porém, a empresa impõe uma rotina tirânica aos moradores. 
O leitor pode agora atestar por si só por que José J. Veiga é considerado um dos melhores autores brasileiros do século XX.

ZUSAK, Markus. A menina que roubava livros. Tradução de Vera Ribeiro. 2. ed. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2010. 480 p., il. ISBN 9788598078175.

 Resumo

Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel precisou achar formas de se convencer do sentido de sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, 'O Manual do Coveiro'. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes.

 

 


 

  Informações Institucionais da Biblioteca

A biblioteca do Câmpus Formosa é a unidade de informação fundamental de seu câmpus, na organização da informação para acesso, uso e produção de conhecimento. Além de atuar, como órgão basilar, no apoio ao ensino, pesquisa e extensão, busca fomentar o desejo pela busca do conhecimento por meio do acesso à informação em seus diversos suportes, fontes e formatos.

Acesse aqui a página da biblioteca do Câmpus Formosa.

 

Assim, a Biblioteca além de oferecer diversos suportes ao ensino e pesquisa, também apoia e promove atividades lúdicas e culturais relativas ao desenvolvimento de habilidades intelectuais, referentes ao fomento do gosto pela leitura, artes, pesquisa e raciocínio lógico.

 

Dessa forma, a biblioteca pode ser compreendida como espaço primordial de incentivo à pesquisa, à leitura e ao acesso à informação, mas também como espaço múltiplo e complexo, convergente de valores culturais simbólicos em suas diversas expressões e formatos de manifestação com a finalidade de despertar e promover o gosto e o prazer pela descoberta e produção de conhecimento.

 

Missão

Atender com qualidade, eficácia e eficiência às necessidades de informação da comunidade acadêmica, especialmente nos eixos científico-tecnológicos estabelecidos no Câmpus Formosa, por meio da oferta de produtos e serviços de qualidade em informação que acompanhem a evolução tecnológica e social. Ainda, cumprir sua função social enquanto agente promovedor do acesso ao conhecimento para a população, fortalecendo os princípios democráticos de acesso à informação, os quais estão estabelecidos em nossa Carta Magnânima.

 

Visão

Ser um centro de referência em informação local e regional, colaborando com o desenvolvimento tecnológico e científico e desenvolvimento cultural da comunidade, tornando-se indispensável na busca e na produção de novos conhecimentos.

 

Serviços

Além dos tradicionais serviços de empréstimo de livros, circulação de materiais bibliográficos e serviços de atendimento aos usuários e referência, também oferece serviços de elaboração de fichas catalográficas, referências bibliográficas e  normalização de trabalhos intelectuais, escolar e acadêmico, aos estudantes da instituição. Ela oferece, igualmente, serviços de acesso à internet por meio de seu laboratório de informática. Ainda oferece espaço para atividades acadêmicas e  culturais, como palestras, debates, exposições de arte, estudos individual e  discussões em grupos.

 

Público Alvo

  • Todos os alunos vinculados ao IFG;
  • Docentes, técnicos e também servidores terceirizados do IFG;
  • Comunidade externa.

 

Contato

BIBLIOTECA

Bibliotecário:

Wagner Ayrão de Castro

Assistentes:

Crislaine Ribeirio da Silva

Fábio Augusto Mendes Carvalho

Letycia Karoline Oliveira dos Santos

Endereço de emailE-mail:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
                    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Clique para acessar a lista de ramaisTelefone: (61) 3642 9480 / 9481

 


      Multas                                                         

 


O pagamento de multas será por intermédio de Guia de Recolhimento da União - GRU emitida pelo Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal - SIAFI. As GRUs só são recebidas pelo Banco do Brasil - BB.
 
A multa apenas será baixada após a entrega do comprovante autenticado aos servidores da biblioteca para arquivamento. Caso a multa seja paga via internet bank, o comprovante deverá ser enviado a Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.,">, com a devida identificação do usuário a que se refere a multa.
 
CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E A SIGA PARA O PREENCHIMENTO DE SUA GRU.
 
 

Repositório Digital - ReDi IFG

 

SOBRE O REPOSITÓRIO DIGITAL IFG (ReDi IFG)

O Repositório Digital do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (ReDi IFG) está inserido no movimento mundial de acesso aberto à produção científica permitindo a busca e a recuperação da informação tanto nacional quanto internacional através da rede mundial de computadores.
A gestão do ReDi IFG é de responsabilidade do Sistema Integrado de Bibliotecas (SIB/IFG), vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

MISSÃO

Coletar, armazenar, preservar, disseminar e dar acesso à produção técnico-científica dos docentes, técnico-administrativos e discentes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás em formato digital, transformando-se em uma ferramenta de apoio ao ensino, pesquisa e extensão e preservação da memória institucional.

OBJETIVOS
I. Preservar a memória institucional;
II. ampliar e difundir a produção técnico-científica do IFG;
III. potencializar o intercâmbio entre o IFG e outras instituições;
IV. promover o acesso, visibilidade e recuperação da produção técnico-científica
do IFG, contribuindo para as atividades de ensino, pesquisa e extensão;
V. contribuir com a elaboração de indicadores da produção técnico-científica institucional.

ORGANIZAÇÃO
O ReDi IFG está organizado em comunidades e coleções conforme exemplo descrito abaixo:
I - Artigos publicados em periódicos científicos (Comunidade)

    >> Artigos de periódicos científicos (Coleção)

II - Livros e capítulos de livros (Comunidade)

    >> Livros da Editora IFG (Coleção

    >> Livros e capítulos de livros publicados extra IFG (Coleção)

II - Teses e dissertações (Comunidade)

    >> Teses e dissertações defendidas no IFG (Comunidade)

    >> Programa de Pós-Graduação em Educaçã para Ciências e Matemática (Comunidade)

    >> Mestrado Profissional em Educação para Ciências e Matemática (Coleção)

    >> Teses e dissertações defendidas extra IFG (Coleção)

ACERVO DO RD/IFG
Considera-se produção técnico-científica os seguintes documentos:
I. artigos publicados em periódicos científicos;
II. teses e dissertações defendidas nos programas de pós-graduação do IFG;
III. teses e dissertações defendidas extra IFG cuja autoria seja de servidores desta Instituição;
IV. livros e capítulos de livros;
V. trabalhos apresentados em eventos científicos e acadêmicos;
VI. trabalhos de conclusão de curso de graduação (TCC);
VII. monografias de especialização;

VIII. produtos técnicos e educacionais (relatórios técnicos; relatórios de pós-
doutoramento; vídeos; apostilas; softwares);

IX. propriedade intelectual (patentes; registros de softwares; cultivares);
X. artefatos da memória institucional.

 

PARA O DEPÓSITO NO ReDi IFG:
I. os documentos devem ser de autoria dos docentes, técnico-administrativos
e discentes do IFG;
II. serão aceitos os formatos digitais de arquivos de textos, som e imagem,
disponibilizados no software Dspace;
III. os documentos deverão estar completos e na sua versão final, prontos para serem disponibilizados, com a autorização do autor e de acordo com os critérios estabelecidos na Política do ReDi IFG.

Link para acesso: http://repositorio.ifg.edu.br

Biblioteca do Câmpus Formosa


 

Clique na imagem para acessar o sistema

O Sistema Sophia é utilizado por todas as bibliotecas do IFG com o objetivo de padronizar o tratamento e o compartilhamento da informação, proporcionando maior segurança à recuperação dos dados, além de melhor acesso e uso por parte dos usuários. Por meio do software Sophia, os estudantes e servidores têm acesso a diversos serviços, como envio de informações de acordo com o perfil do usuário; consulta ao acervo; empréstimo/renovação via terminal web; realização de pesquisas com os usuários como forma de avaliar, aprimorar e ampliar os serviços das bibliotecas.

Acesse aqui o Sistema Sophia