Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Aluno > IFG > Últimas notícias > Sede definitiva do Câmpus Goiânia Oeste do IFG é inaugurada pelo ministro da Educação
Início do conteúdo da página
Inauguração

Sede definitiva do Câmpus Goiânia Oeste do IFG é inaugurada pelo ministro da Educação

Afirmação e compromisso em relação à importância do ensino profissional marcam a solenidade na unidade

Sede definitiva do Câmpus Goiânia Oeste do IFG é inaugurada
Sede definitiva do Câmpus Goiânia Oeste do IFG é inaugurada

Tendo como destaque a defesa da importância do ensino profissional no país, foi inaugurada na tarde deste sábado, 5 de dezembro, a sede definitiva do Câmpus Goiânia Oeste do Instituto Federal de Goiás (IFG). Devido ao atual cenário da pandemia da Covid-19, a solenidade foi realizada somente para convidados, mas foi transmitida no canal oficial da Instituição no YouTube (confira aqui) e contou com os intérpretes de Libras Francisco Marcelo e Leidiane Ribeiro Duarte, que fizeram a tradução simultânea.

Participaram da solenidade de inauguração o ministro da Educação, Milton Ribeiro; o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), Wandemberg Venceslau; o reitor do IFG, Jerônimo Rodrigues da Silva; o diretor-geral do Câmpus Goiânia Oeste, Cleberson Pereira Arruda; o presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Jadir José Pela. Também estiveram presentes na solenidade Robson Domingos Vieira, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás  (Fapeg), que representou o governador Ronaldo Caiado; Sandro Mabel, presidente Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG); Zacharias Calil, deputado federal; Marcelo Ferreira da Costa, secretário de Educação e Esporte de Goiânia, que representou o prefeito Iris Rezende; Américo Nunes da Silveira Neto, reitor da Universidade Federal de Catalão (UFCAT); Gilson Dourado da Silva, que é pró-reitor de Desenvolvimento e, na ocasião, esteve como reitor substituto do IF Goiano; além de representantes dos estudantes do Câmpus Goiânia Oeste, pró-reitores, diretores-gerais, ex-diretores, em especial do próprio Câmpus, gestores e servidores do IFG e outras autoridades municipais, estaduais e federais.

 

Importância do ensino profissional

Em seu discurso, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, parabenizou o IFG pela inauguração: “estou muito feliz de sair em um sábado, vir de carro lá de Brasília, para celebrar com os senhores esta conquista da sociedade goianiense. Parabéns para vocês todos!”. Destacando a importância do ensino profissional e a atenção que tem que ser dada a essa questão, o ministro pontuou que duas áreas são essenciais para a sua gestão: a alfabetização e o ensino profissional. E ressaltou que era pela importância do ensino profissional que ele estava ali.

 

Ministro da Educação, Milton Ribeiro, durante seu discurso na cerimônia de inauguração

 

O ministro Milton Ribeiro, durante a solenidade, falou também da sua vontade de participar, no âmbito de sua gestão, de uma revolução no campo da educação, com a melhora da alfabetização e com um fomento maior no campo da educação profissional: “como ministro, eu quero participar dessa revolução. Com essa revolução, eu não vou poder atingir todos, mas é uma promessa: uma boa alfabetização de nossas crianças e um bom ensino profissionalizante. São duas áreas que eu vou olhar com muito cuidado”.

Jerônimo Rodrigues da Silva, reitor do IFG, ressaltou que sua fala naquele momento era de alegria por estar entregando a primeira parte do Câmpus Goiânia Oeste. Depois de parabenizar, agradecer e saudar todos os que estavam presentes, o reitor falou sobre a possibilidade de crescimento que a unidade possui e chamou atenção para o que ainda precisa ser finalizado na unidade. Destacando a importância do projeto de educação profissional no país, Jerônimo ponderou: “a educação profissional no país tem que ser vista como um fator primordial para o fortalecimento das regiões, tanto economicamente, quanto socialmente”.

 

Acesso para a população

Localizada na Rua RF 17, Quinhão 1, Fazenda Santa Rita, Residencial Flórida, próximo à saída de Guapó, a sede definitiva da Unidade do IFG facilitará o acesso da população daquela região a uma instituição federal, gratuita e de qualidade. Como complementa o diretor-geral do Câmpus, professor Cleberson Arruda, “na sede definitiva, será facilitado o acesso da população goianiense, sobretudo das regiões oeste e noroeste da capital, incluindo também a região metropolitana de Goiânia”.

Ainda segundo Cleberson, “apesar do momento histórico que estamos passando, devido à pandemia da Covid-19, a inauguração da sede aponta para o futuro do câmpus, estabelecido numa região que carecia de uma instituição com a estrutura que propõe o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, especialmente no que tange à sua função social, com a oferta de diversos níveis e modalidades de ensino – com Formação Inicial de Trabalhadores (FIC), cursos técnicos – incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA), e cursos superiores de tecnologia, bacharelado, licenciatura e pós-graduação, promovendo pesquisa e extensão contextualizada”. O diretor-geral fez questão de agradecer o empenho de todos os servidores para a consolidação do Câmpus e agradeceu os representantes dos estudantes, que na ocasião simbolizaram o segmento estudantil.

 

Sede definitiva

A primeira etapa da unidade entregue neste sábado abriga três pavimentos e uma área total construída de 3.955,98 m². A sede possui 10 salas de aula, banheiros comuns e os adaptados com acessibilidade, vestiários, sete laboratórios: de artes, de ensino e brinquedoteca; de informática, de nutrição e dietética, de promoção à saúde; de saúde 1 e de saúde 2. Além disso, a estrutura tem uma sala funcionando como biblioteca, sala de estudos, auditório, sala de convivência para servidores, copa/cozinha, lavanderia e espaço de convivência para terceirizados e, também, quadra poliesportiva descoberta e salas administrativas. Destaca-se, também, o elevador e as plataformas elevatórias para o deslocamento de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. A obra da sede definitiva foi feita com recursos do Termo de Execução Descentralizada (SIMEC 4348 – NOTA EMPENHO 2018NE800346) da Setec/MEC.

Entrada da sede definitiva do Câmpus Goiânia Oeste

 

Para o diretor-geral da unidade, “receber a sede definitiva do Câmpus Goiânia Oeste é motivo de grande alegria para toda comunidade acadêmica”. Destacando a história do câmpus, emocionado, Cleberson lembrou: “a construção da sede foi marcada por esforços institucionais. Cada gestor e cada gestora que antecederam a gestão atual do Câmpus empreenderam esforços para a concretização dessa obra”.

Adriam Marcos da Silva, gerente administrativo do Câmpus Goiânia Oeste que também esteve presente na solenidade, pontuou que “o câmpus é uma conquista da comunidade acadêmica, bem como de toda a região circunvizinha”. Falando dos recursos empregados na construção da obra, ele ressaltou o nível de engenharia e arquitetura da unidade e mencionou a aquisição de equipamentos de segurança, como alarmes, câmeras de monitoramento e sistema de combate a incêndio, “que proporcionará aos usuários das novas instalações conforto e segurança na sua utilização”.

O diretor da unidade, Cleberson Arruda, destaca que “a sede definitiva nos dá uma estrutura mais generosa”, mas pontua que “outros desafios emergem, a partir da sua entrega, como a finalização do auditório, a cobertura da quadra poliesportiva, e a construção do restaurante estudantil e da biblioteca; além da conclusão do bloco acadêmico”.

Na imagem, gestores visitam um dos laboratórios do Câmpus Goiânia Oeste

 

Admirado com as instalações do Câmpus que já estão prontas, mas falando também da estrutura que ainda não foi finalizada, o ministro Milton Ribeiro, em sua visita pelas instalações da unidade, destacou que sua esperança é de que a construção que ainda não foi finalizada, num futuro de médio prazo, possa se transformar, de fato, em novos laboratórios e novas salas. Depois de conhecer a estrutura do auditório que ainda precisa de finalização, Milton Ribeiro pontuou “eu vou vir aqui no ano que vem inaugurar”.

Mesmo diante dos desafios, Cleberson destaca que “a estrutura do bloco entregue atende às demandas do câmpus, no que tange à sua formatação atual: número de cursos, turmas, estudantes e servidores”.

 

Cursos

O Câmpus Goiânia Oeste oferta um curso superior (Licenciatura em Pedagogia) e quatro cursos técnicos integrados ao ensino médio, sendo três ofertados em tempo integral e um no período noturno, na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). A unidade atua, principalmente, nos eixos tecnológicos da Educação e Saúde e tem como foco de trabalho a promoção da saúde. Os cursos em período integral são: Técnico em Análises Clínicas, Técnico em Nutrição e Dietética e Técnico em Vigilância em Saúde. O curso Técnico em Enfermagem na modalidade EJA é ministrado no período noturno. Saiba mais sobre eles aqui.

 

 Confira as fotos e os vídeos da solenidade de inauguração no Facebook, YouTube e Instagram do IFG.

 

 

Diretoria de Comunicação Social/ Reitoria.

Notícias (Aluno)

Fim do conteúdo da página