Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
VII Secitec

VII Secitec do Câmpus Inhumas começa com quase 500 inscritos

Criado: Segunda, 15 de Outubro de 2018, 15h58 | Última atualização em Segunda, 22 de Outubro de 2018, 14h50

V Feira de Ciências e X Semana do Livro e da Biblioteca também estão sendo realizadas até quarta-feira, dia 17

 

Palestra do pesquisador Attico Chassot
   Palestra do pesquisador Attico Chassot

A VII Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (Secitec) do IFG-Câmpus Inhumas teve início nesta segunda-feira, 15 de outubro, e segue até quarta-feira. No evento deste ano, com cerca de 500 inscritos, o tema central é Ciência para a Redução das Desigualdades. Dentro da VII Secitec estão sendo realizados ainda outros dois eventos: a V Feira de Ciências e a  X Semana do Livro e da Biblioteca (SLB).

Estudantes de escolas públicas de Inhumas e região participaram de diferentes atividades neste primeiro dia. A aluna Jhennifer Natielly Silva Magalhães, 15 anos, do 9º ano do Colégio Estadual Moisés Santana, localizado em Caturaí, disse que gostou muito da programação do evento. "Meus dois irmãos já estudaram aqui. Mas hoje eu pude conhecer o câmpus com mais calma. Achei tudo lindo e as palestras estão muito interessantes", disse. Ela se inscreveu para o processo seletivo 2019-1 dos cursos técnicos integrados ao ensino médio no câmpus.

O estudante Marco Antônio Trigueiro, 17 anos, aluno do curso Técnico Integrado em Química, está trabalhando como monitor na VII Secitec. "É muito legal entender como funciona um evento assim, é uma experiência interessante aprender sobre a organização, a estrutura. Percebo que a programação aproxima os alunos dos projetos desenvolvidos no câmpus", afirmou. 

Escola

O professor-pesquisador Attico Chassot, da Rede Amazônica de Ensino de Ciência (Reamec), ministrou a palestra A escola mudou ou foi mudada? no início da tarde. Ele lembrou, entre outras coisas, que a escola era irradiadora de conhecimento, mas que agora é assolada pelo enorme volume de informações disponíveis. "Hoje, a quantidade de conhecimento que a escola recebe é muito maior do que o volume de conhecimento que ela entrega. Perguntem aos seus avós como eram as escolas deles", disse, citando outros exemplos das transformações que ocorreram no ambiente escolar.      

Na sequência, os inscritos participaram de oficinas e minicursos. Aproveitamento Integral dos Alimentos, Danças Brasileiras: Jongo, Desigualdades e Tecnologias Digitais, e Ferramentas de Estudo para Obter Êxito no Enem foram alguns dos temas abordados. Além disso, dentro da V Feira de Ciências, alunos do câmpus fizeram apresentações orais de projetos/trabalhos desenvolvidos. 

Oficina Danças Brasileiras: Jongo
   Oficina Danças Brasileiras: Jongo

     

Abertura

No período matutino, a conferência de abertura foi realizada pela pesquisadora Rosani Moreira Leitão, docente do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Direitos Humanos da Universidade Federal de Goiás (UFG). Ela falou sobre o tema Formação de Professores, Interculturalidade e Inclusão Social. A apresentação cultural foi conduzida pela doutoranda da UFG Patrícia Ordaz e pelo professor do câmpus Kemuel Kesley Ferreira dos Santos, que apresentaram a performance Ifigênia, que traz como centro da ação o universo das mulheres e as causas feministas, procurando voz, ritmo e sonoridades latino-americanas. 

A mesa diretiva da abertura da VII Secitec foi presidida pelo diretor-geral do IFG-Câmpus Inhumas, professor Luciano dos Santos. Também fizeram parte da mesa diretiva: o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação do IFG, professor Écio Naves Duarte; a gerente de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão do câmpus, professora Lorenna Silva Oliveira Costa; o coordenador da V Feira de Ciências, professor Guenther Carlos Feitosa de Almeida; representando a coordenação da X Semana do Livro e da Biblioteca, a bibliotecária Maria Aparecida Rodrigues de Souza, e o estudante Valmir Gonçalves Campos Neto. 

Semana do Livro

Discutir temas ligados à importância do livro de biografia na contextualização de questões de desigualdade social, analisar a biografia enquanto uma escrita interdisciplinar e incentivar a leitura de obras biográficas que compõem o acervo de bibliotecas escolares/universitárias são os principais objetivos da X Semana do Livro e da Biblioteca do câmpus, que está ocorrendo dentro da VII Secitec. 

Na programação da SLB, no dia 17 de outubro, serão anunciados os vencedores da ação de extensão Concurso Leitores/as Destaque do Ano. Com a atividade, que está em sua sexta edição, a Biblioteca Atena procura ampliar a articulação com escolas públicas da educação básica e também com a comunidade em geral. O objetivo é contribuir com a formação de leitores críticos e com capacidade de escrita. 

programação completa da VII Secitec está disponível no site do Sistema Unificado de Gestão de Extensão e Pesquisa (Sugep) do IFG. 

Saiba mais sobre a VII Secitec, a V Feira de Ciências e a  X Semana do Livro e da Biblioteca (SLB).

Fim do conteúdo da página