Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
GESTÃO

IFG estabelece calendário de reuniões com a comunidade acadêmica

Criado: Quarta, 29 de Julho de 2020, 14h44 | Última atualização em Quarta, 29 de Julho de 2020, 14h54

A data estipulada para o Câmpus Senador Canedo é 3 de agosto, das 10h às 12h

A Reitoria do Instituto Federal de Goiás (IFG) construiu junto com os 14 câmpus um calendário de reuniões, o qual teve início no dia 27 de julho e se estende até 4 de agosto. A data estipulada para a comunidade acadêmica do Câmpus Senador Canedo é 3 de agosto, das 10h às 12h. Servidores docentes e técnico-administrativos estão convocados, conforme Memorando Circular n. 6/2020; estudantes e familiares, convidados. As reuniões serão virtuais, e o painel será composto pelo reitor, pelos pró-reitores, pela diretoria executiva e pelos diretores-gerais dos câmpus.

A transmissão será feita pelo serviço de Conferência WEB da RNP com transmissão pelo Video@RNP e o acesso estará disponível no seguinte endereço: http://www.ifg.edu.br/transmissao

O objetivo dos encontros é estabelecer um diálogo com a comunidade acadêmica e apresentar as ações que estão sendo planejadas e executadas para a retomada do calendário letivo de 2020. Além disso, servirá também para esclarecer a todos sobre os eixos do Plano de Ação, que são: reelaboração dos calendários; conectividade; capacitação; Sistema de Ensino Emergencial (SEE); e equipamentos e protocolos de biossegurança necessários para o momento de retorno das atividades presenciais.

De acordo com o reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva, “a gestão irá estabelecer um diálogo com a comunidade de cada câmpus sobre as questões relacionadas ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional, para que, de forma coletiva, possamos construir ações para minimizar os impactos dessa pandemia e garantir educação de qualidade, alcance dessas medidas para todos os estudantes, mesmo os que se encontram em situação de vulnerabilidade social e, sobremaneira, para garantir a segurança e a preservação das vidas da comunidade interna e externa”. Além de trazer o contexto da pandemia, com o panorama das demais instituições da Rede Federal e das universidades, os gestores pretendem falar a respeito das políticas estabelecidas neste período e também dos documentos, decretos e portarias que foram e estão sendo criados neste período.

Os princípios norteadores desses encontros com a comunidade acadêmica, segundo a gestão, passam pela ideia de segurança, defesa e preservação da vida, pela isonomia, equidade, inclusão e diversidade, tendo como pano de fundo uma gestão democrática, transparente, participativa, no que diz respeito à discussão e à definição quanto às atividades institucionais e ao retorno das atividades acadêmicas. Além disso, são levadas em consideração a garantia e a manutenção da qualidade das atividades acadêmicas, a defesa dos princípios, das finalidades, dos objetivos e das políticas pactuadas coletivamente e expressas nos documentos institucionais.

 

Ações e recursos

Ao longo desta pandemia, o IFG tem trabalhado e realizado diversas ações, tanto nos câmpus, quanto na reitoria. As ações englobam a produção e a entrega de materiais, como solução líquida de álcool, álcool gel, máscaras, kits saneantes, e também envolvem o fomento a pesquisas e projetos que visam ao combate à Covid-19. Além disso, a Instituição como um todo tem proposto cursos, palestras em formato de lives, atendimentos psicológicos e diversas ações e eventos, nos câmpus e também em parceria com outras instituições.

O IFG, nesse sentido, tem buscado alternativas para enfrentar o momento pelo qual a sociedade passa. E uma das ações para ajudar esse cenário dentro da Instituição foi a busca por recursos para auxiliar os estudantes vulneráveis socioeconomicamente. Assim, foi apresentada à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) do Ministério da Educação (MEC) uma proposta voltada à aquisição de equipamentos para o IFG, com a finalidade de atender aos planos voltados à conectividade e ao acesso dos estudantes às atividades acadêmicas remotas emergenciais.

A partir dessa ação, o IFG conseguiu receber um recurso descentralizado da Setec, por meio do Termo de Execução Descentralizada (TED) 9.699 de “Compra de equipamento para conectividade”. Esse montante será usado na compra de máquinas para o acesso dos estudantes. Além desse recurso, conforme a gestão, serão utilizados outros referentes à Lei Orçamentária Anual do IFG para garantir que mais alunos tenham equipamentos e conectividade. O Decreto nº 10.426, de 16 de julho de 2020, que dispõe sobre a descentralização de créditos entre órgãos e entidades da administração pública federal integrantes dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, por meio da celebração de termo de execução descentralizada pode ser acessado aqui.

 

Conectividade: Permanência e Apoio Didático

Falando de ações das Pró-Reitorias do IFG, uma ação recente, fomentada pela Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), diz respeito aos estudantes dos cursos presenciais que não contam com acesso à internet ou não contam com conexão adequada para participar do ensino remoto emergencial, aprovado pela Instituição conforme a Resolução Consup nº 20/2020, ou ainda que não possuem equipamentos de informática.

Para atender esses estudantes do IFG, já estão sendo divulgados editais para os programas Permanência - Conectividade e Apoio Didático - Conectividade. Os programas fazem parte da Política de Assistência Estudantil da Instituição e serão ofertados de forma complementar aos demais programas de Assistência Estudantil.

O Programa Permanência – Conectividade, segundo os editais, tem como objetivo propiciar a inclusão digital aos alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica, a partir da promoção de condições necessárias para a permanência e o êxito acadêmicos, excepcionalmente durante o ensino remoto emergencial, em decorrência da situação de pandemia da Covid-19. O Programa Apoio Didático – Conectividade, por sua vez, visa disponibilizar, em caráter de empréstimo, equipamentos aos estudantes vulneráveis socioeconomicamente, tais como computadores, notebook, chromebooks ou tablets, tendo em vista as realizações de atividades de ensino, pesquisa e extensão durante o período excepcional de ensino remoto emergencial.

Os estudantes selecionados no Programa Permanência – Conectividade serão atendidos com a disponibilização de chip de telefonia celular com plano de dados móveis contratados pelo IFG ou SETEC/MEC ou por meio de pagamento de auxílio financeiro. Aqueles que forem classificados no Programa Apoio Didático - Conectividade poderão obter, por meio de empréstimo, computadores e outros equipamentos junto à instituição. As inscrições dos discentes devem ser realizadas por meio do SUAP.

Acesse aqui o edital .

 

Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Senador Canedo, com informações da Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

Fim do conteúdo da página