Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
IFG Sustentável

Aparelhos de ar-condicionado do Câmpus Inhumas ganham reservatórios para reutilização da água

Criado: Sexta, 05 de Abril de 2019, 15h14 | Última atualização em Segunda, 22 de Abril de 2019, 17h35

Água coletada está sendo reutilizada na limpeza de várias áreas do câmpus

Aparelhos de ar-condicionado ganharam reservatórios
   Reservatórios foram instalados nos aparelhos de ar-condicionado

A água liberada por vários aparelhos de ar-condicionado instalados no IFG-Câmpus Inhumas está sendo reutilizada, principalmente, para a limpeza de corredores, passarelas e salas de aula. A execução da ideia, que está de acordo com as diretrizes do projeto IFG Sustentável, teve contribuições de vários servidores e já mostra os primeiros resultados. 

A reutilização da água parte da instalação de um tubo (com uma torneira) na parte externa de cada ar-condicionado, o que funciona como um reservatório. Quinze  tubos já estão instalados e outros 11 estão prontos para serem utilizados. Cada reservatório também tem um pequeno furo na parte superior, que serve para indicar quando o tubo está cheio.

Capacidade

Servidor Aldo Brito mostra
   Servidor Aldo Brito: economia

"Inicialmente, utilizamos tubos de PVC de 200mm, com dois metros de altura cada, porque já tínhamos esse material disponível no câmpus. Cada um desses tubos tem capacidade para armazenar cerca de 60 litros de água. Os próximos tubos terão 150mm, com capacidade para reservar até 40 litros de água, e serão instalados nos aparelhos de ar-condicionado menos utilizados", explica o coordenador de Administração e Manutenção do câmpus, Aldo Almeida Brito, que elaborou o projeto do reservatório.

O servidor destaca que a iniciativa recebeu várias contribuições. "Primeiro, o professor Guenther Carlos Feitosa de Almeida disse que viu algo parecido numa pousada. Então, pesquisei sobre a reutilização da água eliminada pelo ar-condicionado e também tive contribuições do gerente de Administração, Tomil Pereira Kikumori, e do diretor-geral, professor Luciano dos Santos. É um projeto que atende a questão da sustentabilidade e que também gera economia", afirma Aldo.

Limpeza

O gerente de Administração conta que ainda não foi possível calcular exatamente quanto está sendo economizado. Mas ele destaca que a equipe da limpeza já está utilizando apenas essa água armazenada nos tubos de PVC para executar o trabalho em quase todo o bloco administrativo e em algumas salas de aula. O Câmpus Inhumas tem, atualmente, 69 aparelhos de ar condicionado e a meta é que os reservatórios sejam instalados em todos eles. 

A preocupação com a sustentabilidade prevê, ainda, um projeto que possibilite o reúso de água da chuva. "Essa seria uma segunda fase. Pretendemos instalar uma caixa d'água de 20 mil litros para armazenar a água que escorre pelas calhas no período chuvoso. Essa água seria reutilizada nos cuidados com as áreas gramadas e com os jardins durante a estiagem", explica Aldo Brito. 

O gerente de Administração lembra que outras ações preocupadas com o tema sustentabilidade devem ser realizados no IFG-Câmpus Inhumas nos próximos meses. "O câmpus elaborou um Projeto de Gestão Ambiental. Ano passado, fizemos uma campanha e distribuímos canecas para incentivar a redução do consumo de copos descartáveis. Além disso, atualmente, duas composteiras são utilizadas, recebendo resíduos orgânicos (cascas e restos de frutas, verduras, legumes, sachês de chá sem etiqueta e borra de café) produzidos pelos servidores", relata Tomil. 

 

Saiba mais sobre o Projeto de Gestão Ambiental do IFG-Câmpus Inhumas:

http://www.ifg.edu.br/ultimas-noticias-campus-inhumas/7867-projeto-reciclagem

 

 

  

Fim do conteúdo da página