Portal do Governo Brasileiro
  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Página Inicial

Educação inclusiva

Imprimir

Experiência do IFG em educação bilíngue é apresentada em Cuba

Professores Waléria, Aleir e Thiago, no Palacio de Convenciones de La Habana, onde está sendo realizado o encontroO trabalho realizado pelo Instituto Federal de Goiás na formação de professores para a educação bilíngue e o desenvolvimento do programa Virtual Sign, que faz a tradução direta da língua de sinais para a língua escrita e vice-versa, estão sendo apresentados em Havana (Cuba), no “Encuentro Internacional por la Unidad de los Educadores”. Participam do encontro, que prossegue até sexta-feira, dia 3, a coordenadora do curso de Pedagogia Bilíngue do IFG, Aleir Ferraz Tenório, e os professores Waléria Batista da Silva Vaz Mendes e Thiago Cardoso Aguiar. O curso de Pedagogia Bilíngue do Instituto Federal de Goiás é ministrado no Câmpus Aparecida de Goiânia.

Os professores Aleir, Waléria e Thiago levaram a educadores de diversos países a experiência com o curso de Pedagogia Bilíngue Libras-Português, criado há dois anos como o primeiro do Brasil na modalidade presencial e que capacita profissionais para a educação bilíngue nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Eles estão conduzindo três apresentações do encontro: “Em Busca da Ressignificação da Educação para Surdos e suas Afirmações Identitárias: A Oferta do Curso de Pedagogia Bilíngue”, em que discorrem sobre a criação e o desenvolvimento do curso; “Virtual Sign: Ferramenta para Inclusão Comunicacional das Pessoas Surdas”, sobre o programa de tradução real e bidirecional desenvolvido pelo IFG em parceria com o Instituto Politécnico do Porto (Portugal); e “Formação Humana para Valores Universalmente Aceitos – Pedagogia Socialista Versus Pedagogia Empreendedora”, em que a coordenadora do curso, Aleir Tenório, destaca a importância de uma educação voltada para valores humanos em contraposição a uma educação mercantilista.

O Encontro Internacional pela Unidade dos Educadores está sendo realizado pelo Ministério da Educação de Cuba e visa à troca de experiências e união de esforços pelo acesso universal à educação de qualidade e sem exclusões. Além da troca de experiências no encontro com educadores, os professores do IFG estão visitando instituições de ensino para surdos e para surdos cegos nas cidades de Varadero e Havana. “É importante a gente poder vislumbrar como é a realidade em Cuba, que é referência em Educação, e também ter a oportunidade de conhecer como se dá a educação de pessoas surdas e de surdos e cegos aqui. É uma oportunidade única”, destaca a professora Waléria Vaz.

Imagens

Site do encontro: http://pedagogiacuba.com/

 

Coordenação de Comunicação/Câmpus Aparecida de Goiânia.