Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Aluno > IFG > Últimas notícias > Doação do primeiro lote de álcool em gel produzido pelo Câmpus Luziânia acontece nesta sexta-feira, 27
Início do conteúdo da página
Covid-19

Doação do primeiro lote de álcool em gel produzido pelo Câmpus Luziânia acontece nesta sexta-feira, 27

A doação beneficiará profissionais da rede pública de saúde daquele município

Nas fotos, os 81 frascos de álcool em gel e parte dos professores que os produziram (da esq. p/ dir., Rosmany Aires, Simone Paixão e Leonardo François)
Nas fotos, os 81 frascos de álcool em gel e parte dos professores que os produziram (da esq. p/ dir., Rosmany Aires, Simone Paixão e Leonardo François)

O Instituto Federal de Goiás (IFG), por meio do Câmpus Luziânia, realiza a doação do primeiro lote de álcool em gel produzido no câmpus para a prevenção do coronavírus. Autorizado pela Vigilância Sanitária, serão doados inicialmente 81 frascos de 500ml para a Secretaria Municipal de Saúde, que distribuirá o material para as unidades de saúde da cidade e para as famílias com maior vulnerabilidade social. A Secretaria recebe os frascos nesta sexta-feira, 27 de março, às 9h.

Produzido pelos professores de Química Leonardo François, chefe de Departamento de Áreas Acadêmica, e Romany Aires, coordenadora o curso técnico integrado em Química, e professores Simone Paixão, gerente de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão, e Reinaldo Reis, diretor-geral do câmpus, esse primeiro lote foi viabilizado pela parceria com a Associação Comercial e Industrial de Luziânia (ACIL), que arrecadou doações dos empresários e comunidade da região.

Inicialmente, a doação dos frascos de álcool em gel seria para a população com maior vulnerabilidade social de Luziânia. Mas nesta terça-feira, 24 de março, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou a nota técnica 3/2020 que regulamenta esse tipo de doação. De acordo com o documento, “o produto deve ser doado aos órgãos do Sistema Único de Saúde, conforme destinação e orientação do Ministério da Saúde ou das Secretarias Estaduais ou Municipais de Saúde”.

“Os servidores da Secretaria de Saúde manifestaram a necessidade e o agradecimento à nossa ação. E é isso que nos importa. Mostramos para a cidade a função social da nossa Instituição e o quanto ela pode contribuir com a comunidade”, afirmou o diretor-geral do Câmpus Luziânia, professor Reinaldo Reis.

Para o secretário Municipal de Saúde, José Walter Marques Faria, este trabalho do IFG é superimportante e de grande alcance social nesse momento, devido à falta do álcool em gel nas farmácias, supermercados e distribuidores. “O produto praticamente sumiu. Esses 81 frascos vêm em boa hora. Iremos disponibilizá-los para as unidades de saúde para a proteção dos profissionais que vão atender essa demanda e para as famílias que necessitam desse material. Agradecemos a parceria com o Instituto Federal de Goiás”, disse o secretário de Saúde.

De acordo com o diretor-geral do Câmpus Luziânia, professor Reinaldo Reis, o câmpus pretende continuar a produção de álcool em gel para beneficiar a comunidade da cidade. A intenção do IFG é que os demais câmpus produzam e contribuam com os cuidados da população e profissionais da saúde. O IFG está em tratativas com a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC) para que projetos da Instituição que viabilizam a ampliação da produção do produto recebam apoio financeiro.

Acesse aqui a nota técnica 3/2020, da Anvisa, que regulariza a produção e doação de álcool 70%.

 

Coordenação de Comunicação Social / Câmpus Luziânia.

Notícias (Aluno)

Fim do conteúdo da página